Tô de volta

19 out

Por mais que eu sonhasse,  não foi por falta de TPM que sumi do blog. Sem namorado para aturar minhas crises e na TPF (Tensão Pré-Férias) do sirviço, tenho motivos de sobra para finalmente tirar a poeira daqui.

Tá, o motivo é outro. Fui contactada para ser personagem numa matéria sobre a TPM. Isso mesmo! Eu, que quase todo santo dia vivo numa caça infinita atrás de quem queira falar sobre qualquer assunto em pauta na TV, vou dividir o meu drama mensal. Fiquei pensando no que vou ter que contar e vi que a vida de solteira é ainda pior para quem sofre desse mal (isso vai render novos posts!).

E cheguei a algumas tristes (sente o drama) conclusões: em poucos meses engordei mais de valor impublicável quilos, me apaixonei, desapaixonei e apaixonei novamente numa velocidade constrangedora, descobri que ainda (mais de 9 meses depois) não sei ser sozinha, cansei do trabalho, me motivei com o trabalho e me cansei de novo com o trabalho, tive insônia, dormi mais do que a cama e  perdi o sono, chorei demais, bebi demais, irritei demais, sofri demais…

Posso resumir a ladainha? Aquela mesma TPM que dura alguns poucos muitos dias me acompanhou, REALLY, durante os últimos meses todos. E como assim eu não vim chorar minhas pitangas aqui? Faltou tempo e vergonha na cara.

Na verdade, só hoje pude ver que as mudanças na minha vida (algumas boas, tenho que registrar) foram bem parecidas com a tal TPM. Uma oscilação de sensações,  uma vontade danada de pedir colo e um quê de “não sei o que vai ser de mim”.

Mas como em todo drama, chega uma hora em que a gente cansa de bancar a vítima, seca as lágrimas e sacode a poeira. Adotei algumas posturas e lá se foi a menina que sonhava em viver numa novela mexicana à espera de um final feliz cinematográfico. 

Encarei a realidade. Não perdi o otimismo. E? Ainda sofro INTENSAMENTE da TPM. Não adianta. Não sei se é carma, genético ou alguma fraqueza de personalidade. A única certeza é que ainda há motivos de sobra para dizer que a culpa é dela.

Por isso, tô  estamos de volta!

Frases para sobreviver a uma mulher com TPM

28 set

E não é que existe uma t-shirt dessas...

Você chega em casa com aquela fome…

PERIGOSO: O que tem pro jantar?
SEGURO: Posso te ajudar com o jantar?
SEGURÍSSIMO: Onde você quer ir pra jantar?
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

Vocês vão a uma festa e ela diz: Amor já estou pronta…

PERIGOSO: Você vai vestir ISSO?
SEGURO: Nossa, você fica bem de marrom!
SEGURÍSSIMO: Uau! Tá uma gata!
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

Ela diz: Como você é grosso!

PERIGOSO: Tá nervosa por quê?
SEGURO: Tudo bem que eu poderia ter avisado, assumo meu erro!
SEGURÍSSIMO: Vem, deixa eu te fazer um carinho…
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

Na hora daquele super almoço de domingo…

PERIGOSO: Será que você devia comer isso?
SEGURO: Sabe, ainda tem bastante maçã.
SEGURÍSSIMO: Quer um copo de vinho pra acompanhar?
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

Você chega em casa tarde e ela está sentada no sofá…

PERIGOSO: O que você fez o dia todo?
SEGURO: Espero que você não tenha trabalhado demais hoje amor.
SEGURÍSSIMO: Adoro quando você usa esse baby doll!
ULTRA-SEGURO: Aqui, come esse chocolate.

Recebi por e-mail e pensei logo em postar. Toda brincadeira tem um fundo de verdade, não é mesmo? Mesmo não sabendo o autor (esses e-mail são repassados por milhares), vale dizer que acertou em cheio nas dicas.

  • Nota: Achei a camiseta meio sem graça ou feinha, mas pra quem interessa acho que vende aqui.

O que toda mulher pensa, mas não fala

26 set

Tem dias que você acorda preguiçosa e manhosa, tem dias que você acorda puta da vida. E tem dias que você acorda com tudo junto. #tpmfeelings

A descrição é do blog TPM feelings. Ao criar o Culpa dela revirei toda a web em busca de assuntos sobre a TPM, me deparei com o blog e adorei logo de cara!! O que toda mulher pensa, mas não fala está lá. Indico a leitura para todas as mulheres, mesmo para as que não sofrem de TPM. E os homens mais espertos devem ler tudinho para tentar nos entender ou simplesmente dar boas risadas.

Para mim, o post Dicionário feminino #1 é um dos melhores. Vale seguir também o perfil @tpmfeelings no Twitter!

Quando a culpa não é dela

21 set

Eu reconheço que às vezes faço isso (vide nome do blog, né), mas não tem coisa pior do que sempre culpar a TPM. A gente até pode fazer isso de brincadeira e justificar nossas insanidades de vez em quando. Sabemos quando estamos com uma puta cólica ou quando estamos prestes a explodir por conta de hormônios. E sabemos também quando rola um charminho. Mais do que ninguém, conhecemos nosso corpo.

O grande absurdo é quando eles começam a acusar a TPM e apontar o dedo para dizer o quanto somos loucas, insanas e malucas. Como se toda mulher fosse afetada eternamente por causa dela. Talvez essa seja a coisa que mais irrita. Incomoda até mesmo quando não estamos naqueles dias.

Sei o quanto é difícil lidar com a TPM. Todo santo mês eu sinto meu controle emocional ir água a baixo, minha racionalidade sumir e minha fome multiplicar como se seres habitassem meu estômago. Se não fosse sério, eu não teria a coragem de brincar com isso em um blog.

Aproveitando que hoje não estou na TPM, quero levantar essas questões. E lembrar, mais uma vez, que esse blog é feito para nós mulheres. Pra gente falar o que pensa, revirar nosso coração em busca de alguma resposta para nossas crises, encontrar caminhos e rir disso tudo.

Não sei, mas quando não estou na TPM começo achar isso tudo uma loucura. Logo logo volto a surtar normalmente. Enquanto isso, sugestões de posts? Alguma história bizarra de TPM?

  • Nota da autora (gostei disso, é tipo um comentário meu sobre meu próprio texto, sobre eu mesma…) Um dia eu sou a louca reclamando de tudo, no outro questiono a TPM. Alguém também é assim? Se acostumem com isso. O vídeo não tem muita relação com o texto, mas como não estou de TPM, vale uma coisa mais animadinha.

O que me irrita na TPM

17 set

Melhor frase ever

Tudo! Mas algumas coisas conseguem irritar mais. No resto do mês, sabemos lidar com elas, mas na TPM…

Dinheiro, ou melhor, a falta dele

Normalmente, gasto sem piedade e estouro o orçamento facilmente. Já na TPM, minha consciência financeira resolver aparecer da pior forma. Tudo me parece caro demais… depois que eu compro. Como se uma crise econômica de abrangência internacional me devastasse durante alguns dias. Enquanto algumas mulheres gastam com prazer na TPM, qualquer centavo perdido me deixa irritadíssima. Depois tudo volta ao normal, mas aí já foram muitas chateações desperdiçadas e compras mal sucedidas.

Bad hair day

Acordou com o cabelo daquele jeito? Faz um rabo de cavalo, coloca um grampinho aqui, outro ali e pronto. Só se for longe da TPM. Alguns fios rebeldes podem destruir o humor de uma mulher na TPM. Irrita, me deixa pra baixo e aumenta potencialmente minha vontade de chorar por tudo (ou por nada… né?).

Um conselho

Se conselho fosse bom a gente não dava e sim vendia. Na TPM, faz sentido. Não me diga o que fazer, nem ouse tentar me acalmar com conselhos baratos. Pelo menos durantes esses dias, tenho sempre razão e não preciso de nenhuma palavra de conforto. Até que eu desabe a chorar e implore de joelhos por alguns conselhos, esteja ao meu lado de quase todas as formas possíveis. Diga que me ama ou que vai dar tudo certo, só não se atreva a ir além disso. Continue lendo

Os muitos significados da TPM

16 set

TPM nem sempre é Tensão Pré-Menstrual. Aquelas frases toscas do tipo “Todos os Problemas Misturados” conseguem nos tirar ainda mais do sério, não é verdade? Mas o que seria de um blog sobre a TPM sem elas? Tenho consciência do ridículo, mas vale o registro. Se tiver alguma outra, deixa um comentário, vai. A gente promete não se irritar.

Imagem do We heart it

TPM é…

Tendência a Pontapés e Murros

Tendência Para Matar

Temporada Proibida para Machos

Tocou, Perguntou, Morreu

Tente no Próximo Mês (essa eu gosto!)

Temporada Para Meditação

Totalmente Pirada e Maluca

Chocolate x TPM?

13 set

Deu água na boca?

Em uma pesquisa pela internet em busca de informações concretas sobre a TPM, me deparo com o seguinte insulto: chocolate, doces e guloseimas podem agravar os sintomas no período. Pasmem! Eu estava justamente procurando dicas de alimentação para aliviar as dores e a instabilidade emocional que nos atinge, mas tenho que registrar esse absurdo antes de entrar no assunto e falar sério.

Em algumas matérias a explicação é a seguinte: o excesso de açúcar nos alimentos faz diminuir os níveis de cálcio, magnésio e vitamina B6 no metabolismo. Isso leva a uma hipoglicemia e consequente ansiedade, depressão e mais vontade de comer doce. (Fonte: Terra.com.br)

Não fui fundo na investigação e ainda pretendo consultar nutricionistas para dar dicas concretas e confiáveis para vocês.  Sabemos que uma alimentação saudável muda tudo, mas o chocolate jamais pode ser considerado inimigo da TPM. Isso seria um crime, não acham?

Neste link tem uma explicação resumida para nossa paixão por chocolate (amada serotonina) e algumas dicas rápidas.